4.9.09

Felicidade

"O impossível somos nós que o criamos" - disse-o um bom entendedor. Naquele momento, não dei importância, pois era só mais uma frase no meio de tantas ideias e pensamentos. Mas a verdade é que estava numa situação realmente impossível de resolver (julgava eu), daí a reviver todos os últimos acontecimentos até chegar ao dia em que aquela frase tão sincera e sentida foi dita; recordei a conversa, toda ela, mas especialmente aquelas simples palavras. Pensei, sem fim, nelas, e cheguei à conclusão que (incrivelmente) concordava. Vários obstáculos se intrometem no nosso caminho, uns difíceis, outros fáceis. Mas sem eles seriamos realmente, uns fracos. Pois se queremos algo, lutamos, e se não o alcançarmos não significa que era impossível, mas sim que não era tão importante assim, se fosse, não desistiríamos sem atingi-lo. Eu quero alcançar a felicidade e sinceramente, já me questionei pela sua existência. Mas é verdade, ela existe e se ninguém a atingiu, ainda, a única razão possível é o esforço não ser o suficiente!

12 comentários:

Bernardo disse...

^^

ADEK disse...

Fazes mt bem:)*

Lu disse...

não desistas não Lé ! Depois deste texto eu tambem não desisto por muito que tambem me questione sobe ela !

Maggie disse...

Os teus textos fazem-me feliz, Lé (:
É verdade!

ADEK disse...

Boa!

Rikardinho disse...

adorei kunhexert..beijinho
:P

Luisa Araujo disse...

lindo, perfeito

MarianaCarvalho disse...

desconheçia esta tua veia artistica madalena :b

que lindo blog, seguindo :)

sílvia c coelho disse...

Miúda não é nada pessoal, mas há partes neste texto que são de textos meus, por isso, agradeço que as tires ou pelo menos digas que são da minha autoria.

sílvia c coelho disse...

Como já te disse, agradeço que o tires ou digas que é da minha autoria, e agradeço também que fales com ela.

sílvia c coelho disse...

Na boa, mas como deves entender para mim também não foi bom.

sílvia c coelho disse...

Meu Deus, essa miúda não tem escrúpulos nenhuns.
Tudo bem, pois eu soube disso