1.3.10

labirinto

Perdi-me. Já não sei quem sou, nem onde estou.
E esqueci (me), sabes...
Esqueci (me) de como era sentir a loucura do amor e o seu doce sabor.
Esqueci (me) de como era beijar-te e então encontrar-te.
Esqueci (me) de como era voar com o vento e ser o teu maior passatempo.
Esqueci (me) de sentir. Sim, é verdade, já não sei o que isso é! Não sei o que é o amor nem o ódio, não sei o que é a saudade nem a felicidade - estou vazia e, mais uma vez, perdida. Isto é... hoje e apenas hoje! Porque amanhã, ai amanhã... estarei preenchida e pronta para a despedida.

21 comentários:

FLÁVIOMATA disse...

O teu irmão porquê? xD
Obrigado, Madalena *-*
O texto, gosto tanto :')

FLÁVIOMATA disse...

És tipo a minha irmã, venenosas :o
Não tens que agradecer :')

FLÁVIOMATA disse...

Tem que idade? :o
Os amigos não agradecem, retribuem.

FLÁVIOMATA disse...

Eu fodia-lhe os cornos :c
Mas um igualmente sabe bem melhor.

FLÁVIOMATA disse...

Estou sempre a mandar vir com a minha irmã, mas não me dou sem ela.
Certa parte porquê?

FLÁVIOMATA disse...

Geralmente irmão se seja rapaz e rapariga é sempre assim!
Eu continuo a defender que um igualmente sabe melhor.

FLÁVIOMATA disse...

Eu disse que seja rapaz e rapariga, duas gajas dão-se ainda pior x'D
Mas de que vale ser simpático, se não sentirmos o que dizemos?

fui,sou,serei disse...

que texto men *-*

acatarinamaçuca disse...

Ainda não sabia deste teu blogue! Gosto mesmo muito. Acho que gosto mais deste. Palavras são sempre palavras :$
E aquilo que me disseste é mesmo verdade. Na altura achamos sempre que aquelas promessas vão ser cumpridas e que tudo será eterno mas depois já nada é o que era :x

FLÁVIOMATA disse...

Eu sei disso, sei sei.

Edgar Alves disse...

Se existem problemas, existem soluções!

fui,sou,serei disse...

está bué lindo men! *-*

Segunda Pele disse...

lindo *

Segunda Pele disse...

as vezes parece ser a unica soluçao nao é mesmo? :$

Segunda Pele disse...

ja dei oportunidades a mais, secalhar nem metade devia ter dado mas nao me arrependo!

Segunda Pele disse...

e eu estou ainda aprender a lidar com isto (...) ja perdi muito tempo mas ha momentos que nao da para apagar :$

acatarinamaçuca disse...

"percebemos que raras promessas vão ser cumpridas e que o «para sempre» é o quase nada." Exactamente! Não podias estar mais certa, Madalena. E isso custa tanto.

Oh, muito obrigada. Eu estou bem mas é sempre horrível perder um (melhor) amigo por causa de namoradas e raparigas que têm ciúmes da nossa relação! Ele tinha prometido que nunca nos íamos afastar independentemente do que a rapariga lhe pedisse para fazer e no entanto pediu para que me afastasse por causa dela ;s

acatarinamaçuca disse...

Nunca me tinha acontecido e se calhar é por isso que me está a custar desta maneira. Mas eu gosto de errar para poder aprender. Eu sei que isto não vai durar para sempre e hoje, no blogue do Edgar, tem uma frase na imagem que diz isso mesmo "forever doesn't exist. not for anybody". Quando ele acordar vai perceber que errou e quando o admitir e me pedir desculpa, aí sim, estarei disposta a «aceitá-lo de volta»!
Oh, muito obrigada ML :3

Filipe ' disse...

nao estou a fazer nada de especial ..

gostei do texto !

acatarinamaçuca disse...

Mas eu errei ao deixá-lo partir sem nada fazer! E errei ao acreditar em todas promessas que fez e errei quando acreditei que a amizade ia ser para sempre :$
Muito prazer, Madalena;) Catarina.

Liliana disse...

se no presente nos sentimos perdidos, o futuro desvendar-nos-á o verdadeiro sentido da nossa vida. e tudo o que foi esquecido voltará a fazer parte das nossas vidas.
tão boa esta tua overdose de palavras ! :)